Saudade

Vou postar aqui uma outra reflexão minha, essa é sobre a saudade, veio depois de assistir a (ótima) mini-série Os Maias.

SAUDADE

Lembra-te de tudo, mas não com pesar
A saudade deve ser sentida
Qual se olha para uma infância feliz,
A certeza do que não volta
Deixa apenas a sensação boa,
Não há dor, nem revolta
Só o frescor da memória…

(23/3/2001)

obs. Esse foi meu primeiro post usando o blogBuddy, se vc está lendo isso é porque funcionou 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.