Serenata de Cecília

Uno-me aqui à maravilhosa iniciativa da Maria Elisa que eu descobri através do blog da Cora, a idéia é cada blogueiro publicar um poema da Cecília Meireles para comemorar-lhe o centenário. Eis o que escolhi:

SerenataCecília Meireles

Permita que eu feche os meus olhos,
pois é muito longe e tão tarde!
Pensei que era apenas demora,
e cantando pus-me a esperar-te.

Permite que agora emudeça:
que me conforme em ser sozinha.
Há uma doce luz no silencio,
e a dor é de origem divina.

Permite que eu volte o meu rosto
para um céu maior que este mundo,
e aprenda a ser dócil no sonho
como as estrelas no seu rumo.

0 thoughts on “Serenata de Cecília

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.