Relações Imorais!

Mais uma vez a revista Carta Capital mostra-se como um dos veículos de comunicação mais consciêntes da mídia nacional. O que você está vendo ai ao lado é a capa da edição desta semana mostrando o Presidente Fernando Henrique tomando banho juntinho com o Ministro do TSE Nelson Jobim. Vejam só uma das coisas que tem na matéria:

“Fatos. Fernando Henrique Cardoso é presidente do Brasil. Na primeira porção do seu governo, e até abril de 1997, Nelson Jobim foi ministro da Justiça. Depois, por indicação do presidente da República, tornou-se ministro do Supremo Tribunal Federal.

Jobim é casado com Adrienne Senna, que no Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) é detentora do poder de puxar – ou não puxar – o fio do fluxo e contrafluxo financeiro, em especial o ilegal, que circula, entra e sai do País.

Quando Jobim e Adrienne se casaram, o padrinho foi José Serra – que um dia com Jobim já dividiu apartamento em Brasília. Serra, candidato à Presidência da República pelo PSDB, partido que tem Serra, Fernando Henrique, e Nelson Jobim, entre os fundadores.

Jobim, hoje, preside o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e o processo eleitoral.

E depois o Sr. Jobim vem com a cara mais cínica do mundo dizer aos repórteres que está sendo isento, quando todos os ataques feitos a Ciro Gomes foram tolerados pelo TSE e vários direitos de resposta foram concedidos a Serra, agora a metralhadora do sistema se volta para Lula. PelamordeDeus não vote em Serra!

0 thoughts on “Relações Imorais!

  1. Meu caro, depois de ler seu infame post, decidi comentar o absurdo que você escreveu quando me deparo com um comentário da sempre no embalo dos outros, Flavia Durante. Olha, antes de falar que vai votar no Ciro Gomes, acho legal você conhecer melhor o que ele fez quando trabalhou no governo brasileiro. Comentei no Cafecoca agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.